Daquilo que sei, daquilo que sou, meus pensares

“Eu sei que nada sei” (Sócrates).
Isto que me impulsiona: esta insaciável sede de saber, de conhecimento.
E sei que jamais saberei tudo, apesar de saber que tudo que é preciso saber já está em mim.
Sim, sou Aristotélico.
Ai é outra maravilhosa jornada, vertigionosa viagem, para dentro de mim mesmo.
“Conhece-te a ti mesmo”.
Mas apenas saber não basta. É como sonhar sem realizar.
Vazio existencial.
E esta viagem, interna e externa, me torna pleno.
Porém não viajo sozinho, estou na companhia de amigas e amigos nesta estrada.
E como nos vemos em quem amamos, são fundamentais para que veja meu interior refletido.
O que sei me torna aquilo que sou.
Compartilhar saberes, partilhar pensares, meus pensares, nossos pensares.
Pensar no que sei e do que sei formular sonhos.
Sonhar o que não sei e buscar conhecer.
Conhecer e saber.
Sonhar e realizar.
Eis o que sou.
Sonhador, sim.
Mas “sonho que se sonha só é um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é a realidade”.
Realizador, sim.
A essência da vida está nos sonhos.
Nossa realidade é apenas o espelho de sua materialização.
É disto que sei, é disto que sou feito, são meus pensares.

Anúncios

Sobre belbute

"A mente que se abre a uma nova idéia, jamais retornará ao seu estado original" (Albert Einstein)
Esse post foi publicado em Belbute. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s