Arquivo da categoria: Belbute

Reflexo

Hoje olhei-me em um espelho. Vi um carvalho, neste dias em que o termômetro marco o zero negativo. Sua copa estava alva, pelos flocos de neve que se acomodaram lentamente. Sim, estas são as marcas de uma vida com muito … Continuar lendo

Publicado em Belbute | Deixe um comentário

Só queria um abraço

Ali, Sentado a beira da margem, Daquela margem onde sempre estou, Bem ali, hoje Tudo que desejava era um abraço. Aquele abraço, o teu abraço. Quente, Apertado, Suave, Abraço. Nada mais que teus braços, A me envolverem. Nada mais que … Continuar lendo

Publicado em Belbute | Deixe um comentário

Uma mulher nunca é apenas uma mulher

Ah, mulheres que escondem dentro de si tantas outras. Uma mulher nunca é apenas uma mulher. Talvez ai esteja a dificuldade de nós, homens, entendê-las. Uma mulher traz dentro si muito mais que mistérios que jamais desvendaremos. Mulher é plural, … Continuar lendo

Publicado em Belbute | 1 Comentário

Daquilo que sei, daquilo que sou, meus pensares

“Eu sei que nada sei” (Sócrates). Isto que me impulsiona: esta insaciável sede de saber, de conhecimento. E sei que jamais saberei tudo, apesar de saber que tudo que é preciso saber já está em mim. Sim, sou Aristotélico. Ai … Continuar lendo

Publicado em Belbute | Deixe um comentário

Viagem a Andrômeda

Hoje sai de mim. Me desprendi de minha casca. Levantei. Por um feixe iluminado parti. Vi a Terra se distanciar, Este lindo lar azul ficar cada vez menor. Passei pela Lua. Numa velocidade estonteante, Via se aproximar Pégaso. Um brilho … Continuar lendo

Publicado em Belbute | Deixe um comentário